Enciclopédia dos temperos. 
    Suas características e principais utilizações 
     
    Clique no tempero para ter uma descrição detalhada 

 
 

    AÇAFRÃO: Dois tipos: 1) O bem nosso, o gengibre dourado - uma raiz de gosto forte, muito popular em Minas Gerais, usada depois de seca e moída; em São Paulo não é fácil encontrar em pó, mas vale a pena procurar; com açafrão o arroz e a galinha ficam não só uma delícia, como de um colorido lindo. 2) O outro tipo é ingrediente indispensável na "paella" (à espanhola), em risotos e sopas. Na Itália e França se usa muito também. Trata-se do pólen de lírios, que tem de ser colhido à noite, antes que as abelhas e passarinhos levem embora. É um pozinho amarelo. Só a dificuldade de colher e a quantidade de flores para produzir já fazem dele o próprio requinte na cozinha. 
    Principais utlizações:  Sopa de peixe ou frango, Na coloração do arroz e do risoto, Paella e Vitela, Bacalhau a espanhola e Bolos 

    AIPO: Da mesma família que o salsão, só que mais graúdo, com o talo branco mais rijo e mais grosso. Ótimo nas saladas, canapés, ensopados. muito usadas na Europa e estados Unidos são as sementes, para temperar assados, sopas, picles e saladas. 

    ALCAPARRA: Uma florzinha de cujo botão se faz o tempero. Facilmente encontrada em vidro, conservada em sal e vinagre. Bom em saladas, pratos de carnes diversas, peixes e frutos do mar, molhos e pizzas. Indispensável para o "beef-tartar". 

    ALECRIM: Erva aromática do Mediterrâneo. Cultivado principalmente na Itália, Espanha e Grécia. Folhinha de perfume doce e fresco, que vai muito bem no preparo de carnes, ensopados (carneiro fica sensacional), aves, peixes, molhos, sopas (principalmente as ervilhas e de tartaruga), omeletes. As folhinhas secas bem maceradas, passadas em carne de porco ou galinha, antes de assar, dão um toque especial. Um pouquinho também no nosso bolo de fubá, mas com calma que alecrim é forte. Usa-se também no preparo de frutos do mar. 
    Principais utlizações:  Beringela, patês, coquetel de marisco, Minestrone e sopa de tomate, Batatas, couve-flor ou tomates, Omeletes, ovos recheados, Cozido de carne, assado de porco, frango, Peixes grelhados e cozidos, marinadas, Molho Branco para legumes, molho a bolonhesa, vinha-d'alhos, Suco ou salada de frutas e biscoitos 

    ALHO PORÓ: (Poireau-Leek): Tempero dos mais saborosos, indicado para todos os pratos da cozinha, especialmente as sopas. 

    ALLSPICE: Nome inglês para a pimenta-da-jamaica. Uma frutinha muito saborosa, misto de cravo, canela e noz-moscada. Usada em pó, é tempero gostoso e versátil, que valoriza salgados ou doces, bolos ou pães. Especialmente indicada para sopas, ensopados, carne de panela, molhos, bolos de frutas e bebidas quentes, tipo grog. Veja pimenta-da-jamaica. 

    ALFAVACA: Essa folhinha é o melhor tempero para peixes, carnes e aquele arroz que se cozinha com um tablete de caldo de carne. Duas folhinhas bastam. É meio parente do manjericão, porém mais saborosa. Fácil de se Ter em casa, plantada. Pode-se deixar secar as folhas e guardar em vidro. 

    ANIZ ESTRELADO: Fruto em forma de estrela, originária da China. Quando seco é ligeiramente amargo e de aroma intenso, sendo utilizado em receitas típicas chinesas de carne, de porco e pato. Também utilizado para aromatizar bebidas.  
      
    ANETO: (Aneth-Dill): Combina com todos os peixes, saladas, sopas, aspargos e queijos brancos. 

    BOUQUET GARNI: Mistura especial de 5 ervas, acondicionadas em saquinhos de pano para serem colocados na panela e retirados antes de servir. Usado em cozidos de carnes, legumes, sopas e frutos do mar. 

    BAUNILHA: Fruto de planta nativa da América Central e México. Hoje muito cultivada na Malásia. Entre os astecas era conhecida a bebida "xoco-late", feita com cacau e baunilha. Suas lavas são utilizadas em pudins, fios de ovos, marron glacê, e em bebida com leite. 
    Principais utlizações:  (Em favas) Bebidas com leite, milk shakes, chocolate quente, Massas, doces e recheios para, pastéis, Recheio de queijo para pão, Pudins, marrom glacê e fios de ovos 

    CAMOMILA: Uma das mais populares ervas originárias da Europa, sendo fortemente aromática e de sabor intenso. Tradicionalmente utilizada com um eficaz chá calmante. O chá facilita também a digestão. 

    CARDAMOMO: Fruta ou semente da planta da família do gengibre; nativo da Índia, também cultivada na Guatemala e Ceilão. Para utilizá-la é necessário retirá-la da casa e amassá-la. Use-as nas sopas, no fígado, na carne de porco, no pickles e para aromatizar licores. Muito usada, principalmente em molhos cremosos doces. A planta também e decorativa --tem flor cor-de-rosa, muito bonita. 
    Principais utlizações:   (Retirar e amassar as sementes) Pickles. Para aromatizar licores,café, vinho quente, Em sopa de frutas e massas, Batata doce, feijão cozido, Fígado e carne de porco, Peixes, Molho para churrasco, Geléias, compotas, pães, doces, tortas, ponche e arroz-doce 

    CATREPIS: É uma mistura de quatro ervas: Noz-moscada, Cravo, Pimenta Jamaica, Canela. Use em bolos, doces torta de banana e pão-de-mel. 

    CANELA: Planta originária do Ceilão, que foi introduzida na Europa pelos navegantes fenícios. Fornece sua casca, para ser comercializada em rama ou em pó para polvilhar bolos, biscoitos, bananas cozidas ou assadas, no arroz-doce e em rama no vinho quente e em compotas e caldas. 
    Principais utlizações:  (Em casca, em pó e com açúcar) Chocolate quente,casca no quentão e vinho quente, Sopas de carne e canja, Batata doce e espinafre, Cozidos, cobertura de presunto, bacon, carne assada, Em casca no cozimento do frango, Em casca no molhos para carnes e aves, Em bolos, biscoitos, bananas cozidas, pudins, mingaus 

    CEBOLINHA: A irmã caçula de cebola; cresce no clima fresco do hemisfério norte. Diferindo dos seus irmãos, seu sabor é delicado e agradável. Use em molhos em geral, patês, massas, omeletes, carnes, peixes e no minestrone. Vai bem em pastas de queijos e sobre pratos de forno. Não deve faltar em vinhos d'alhos e saladas. 
    Principais utlizações:  Patês, Minestrone e macarrão, Salada de batata, Omeletes, Carnes e frango, Peixes, Molhos em geral, vinha d'alhos 

    CEREFÓLIO: (Cerfeuil-Chervil): Outra das Fines Herbes. Tempera saladas, peixes, queijos, omeletes, sopas e consomées. 

    CHEIRO VERDE: É uma popular mistura de salsa com cebolinha, ambas desidratadas. Muito utilizado em cozidos, no arroz, massas e patês. 

    COENTRO: Da família dos cheiros-verdes, parente da salsa, com sabor e perfume bem mais estimulantes. A folha é indicada para pratos de peixe e frutos do mar, principalmente no Norte. A semente moída, esfregada em carne de porco ou frango, antes de assar, é sensacional; bom também para molho de carnes. Tem um leve sabor de limão. Use-o em ensopados e vinha d'alhos. Era usado pelos antigos romanos em "poções de amor". Não confundir com folha de coentro, que apesar de vir da mesma planta seu sabor é diferente. 
    Principais utlizações:  Pickles e conservas, Sopas de lentilha, legumes, feijão, ervilha, Torta de cenoura, Frango grelhado, assado de carneiro e porco, Peixe grelhado e marinadas, Molhos para carnes, Pão de gengibre e torta de maçã 

    COLORÍFICO: É um preparo a base de urucuzeiro com fubá. Use-o para dar uma atraente coloração vermelho alaranjado ao arroz e frango. Também utilizado na confecção de pastas de queijo, molhos cremosos e farofa. 
    Principais utlizações:  Patês, Sopas em geral, Na coloração do arroz; farofa, Pastas de queijo, Picadinho de carne, Molho cremoso para peixes 

    COGUMELO: Começou a ser cultivado na França em torno de 1700. Seco oferece grandes vantagens na cozinha, podendo substituir o cogumelo fresco em quase todos os pratos. Para utilizá-lo lave-os bem, deixando-os na água até voltarem a sua forma natural, escorra-os e use normalmente. 
    Principais utlizações:  Patês, Sopas diversas, macarronada, Omeletes, Carne moída, strogonoff, picadinho  de carne, Molhos básicos para macarronada 

    COMINHO: Semente amarelada marrom, originária do oriente e cultivada no Egito. Use-o em molhos para carne e peixe, legumes, ovos e queijo. Utilizado na carne assada, cozida ou de panela. Ingrediente básico na cozinha regional nordestina. Vai bem até no feijão. Sementes moídas são muito usadas para o tempero de picles. Experimente antes de usar, pois o gosto é forte. 
    Principais utlizações:  Maionese, Sopa de legumes ou galinha, Feijão, arroz, repolho, cenoura,  batatas, Queijos, Cozidos de carne e aves, chilli com carne, hamburger, Peixes cozidos, marinadas, Molho de tomate 

    CRAVO: Todos conhecem. A semente com o cabinho, é decorativa e aromática no "tendermade". Bom para doces brasileiros e compotas. Em pó, menos conhecido, tem sabor forte, ao mesmo tempo doce e picante. Tem que ser usado com moderação. Em bolos de carne, caldos e ensopados. 
    Principais utlizações:  Use inteiro no quentão,vinho quente, pickles, suco de tomate, Sopas, No cozimento de arroz e verduras frescas, Carne assada, pato a califórnia, frango cozido, Peixes, Molhos doces, molho de tomate, Em pó em geléias, bolos, biscoitos. Inteiro - doces, caldas 

    CREMOR TÁRTARO: Se obtém a partir do depósito salino que os vinhos deixam na parede dos tonéis, rico em uma substancia chamada tártaro. É usado na fermentação dos vinhos feitos em casa e outras fermentações artificiais, como na confecção de balas. 

    CURCUMA: Raiz da planta da família do gengibre. Nativa de Conchin China e importada da Índia e Jamaica. Ingrediente básico no curry e na mostarda. Usado em sopa e massas. No Brasil conhecido como Açafrão da Terra. 
    Principais utlizações:  Pickles e maioneses, Sopas e macarrão, Na coloração do arroz;  cobertura para saladas, Pratos de ovos mexidos ou cozidos, Frangos grelhados ou assados, Peixes e frutos do mar, Molhos cremosos; molho branco ou queijo, Para colorir pães e bolos 

    CURRY: Ou caril. Originário da Índia. ''E uma misturinha de vários temperos e condimentos. Em pó, muito picante, parece bastante em cor com o nosso açafrão em pó. Muito usado em pratos de carne, aves, peixes, molhos. Também em arroz, sopas, cremes. 
    Principais utlizações:  Maionese e salada de batatas, patês, Caldos, sopa de tomate, sopa rala de feijão, Ervilhas, salada e arroz, Ovos, Carne de porco, frango temperado, frito ou cozido, Caldeirada de peixe, mexilhões, camarão, frutos do mar, Molhos para ovos, peixes, aves, carne branca, arroz 

    ENDRO: Outra planta das pouco conhecidas. Aparentada também com a erva-doce. Vai muito bem em peixes e sopas. Excelente para conservas de pepinos, pimentões e picles. 
    Principais utlizações:  Pickles, suco de tomate, Macarrão, Saladas, couve-flor, Pratos com ovos e ricota, Lombo de carne de porco, No tempero para peixe e moluscos, Vinagrete 

    ERVA-DOCE: Nativa da região do Mediterrâneo; é também muito cultivada no México. Use-a em biscoitos, bolos, pães, torta de frutas, maças assadas, caldas de doces e canapés. 

    ESTRAGÃO: As folhinhas são muito parecidas com as da erva-doce. Perfeito para o tempero de porco, galinha, ovos, peixe. Dá um sabor especialíssimo a molhos de saladas à base de vinagre, sopas e pastas de queijo. Ótimo bem picadinho junto com manteiga derretida, para derramar sobre espargos, vagem, beterraba, ervilha ou espinafre. 
    Principais utlizações:  Maionese e pickles, Sopa de tartaruga e creme de peixe, Salada de atum e saladas verdes, Creme de ovos, Na preparação de vitela, carneiro, frango grelhado, Limão e recheio de peixes e moluscos, Vinagrete e molho tártaro 

    FINES HERBES: Mistura de 4 ervas que tornou famoso o Omelete aux Fines Herbes. Essa combinação de cerofólio, cebolinha francesa, salsa e estragão é o degredo de muitos chefs. Também usada para peixes, legumes, maioneses, queijos, mostardas e souflés. 

    FUNCHO: Também da família da erva-doce ou anis. As folhas temperam bem peixes, algumas sopas (os franceses acham o funcho indispensável para a "boulabaisse"). Também dá licor. Usa-se o bulbo para fazer saladas. 

    GENGIBRE: Erva muito usada na cozinha brasileira, principalmente nNorte. Ralado é indispensável no vatapá, por exemplo. Dá um gostinho especial em pratos de carne moída, peixes e camarão. Mas cuidado que é forte e ardido *lembre-se do nosso quentão). Muito usado em pó, principalmente na Europa e Estados Unidos, em doces, bolos e pães. Excelente no preparo de conservas, picles, "chutneys". 
    Principais utlizações:  Pickles, chutney, conservas, Massas doces, Arroz, batata doce e cenouras, Carne de porco e aves , No tempero de peixes, Molhos em geral, molho para vitela, carne de porco, Pão de gengibre, bolos, biscoitos e torradas 

    GERGELIM: Sementinha com sabor muito semelhante ao das amêndoas. Muito usado na cozinha árabe. Bom para acrescentar à massa de pãezinhos, certos bolos, biscoitos. Fica ótimo polvilhado sobre galinha, peixe ou macarrão, antes de ir ao forno. Em pães, pãezinhos, biscoitos ou roscas, também. O gergelim dá um óleo com alto teor de gordura. 
    Principais utlizações:  Canapés e patês, Na massa e no recheio de tortas, Espinafre, tomates e batatas, torrado nas saladas, Cobertura de queijos, Use torrado em carne, moída e recheio para aves, Torrado na cobertura para peixes, Pães, bolos e biscoitos 

    HERBES DE PROVENCE: Combinação maravilhosa de 7 ervas aromáticas para assados, grelhados e molhos de carne em geral. 

    HORTELÃ: existem algumas variedades. A mais conhecida é aquela plantinha rasteira. Sua folhinhas aromáticas são geralmente usadas frescas. Mas podem ser guardadas secas também. Excelente no tempero de molhos para salada, sopas, carnes, peixes. Muito popular na cozinha árabe. Gostosa em refrescos e complemento de drinques (mint julep). Faz licor saborosa para se tomar com moído. Vai bem em geléias também. 

    KUMMEL: Planta originária da Europa e Ásia, onde cresce espontaneamente, posteriormente aclimada e cultivada na América do Norte. Conhecida no Brasil também pelo nome de Alcaravia. Muito utilizado em pratos alemães, eslávicos e húngaros. Use-o também em bolos, pães, biscoitos, patês e sopas. 
    Principais utlizações:  Licor e patê de queijo, Salpicado em sopas, creme de ervilha, Chucrute, salada de repolho e couve, Torta de queijo, Carne de porco, assado de carnes de vaca, Pão de milho, maçãs assadas 

    LOURO: Outra folha essencial para a vinha d'alhos. Extremamente aromática, deve ser usada com cuidados. Há quem goste no feijão e algumas verduras. Vai bem em molhos ( de tomate, inclusive), assados, ensopados e conservas. 

    MACIS: Do invólucro (arilo) de noz-moscada se extrai este óleo, usado no preparo de certos tipos de chocolate. Um pouquinho dá ótimo sabor a molhos, pirão de batata, verduras. Vai muito bem na vinha d'alhos. Umas gotas na massa de bolos e pudins: ficam mais gostosos. 

    MANJERICÃO: Tempera muito bem carnes, assados, sopas e alguns tipos de conservas. Genial em peixes e camarões, ovos, queijo, tomates recheados. Pode ir na vinha d'alhos; sabor a aroma fortes. Vá com calma até conhecer bem. Tenha sempre um pé no quintal ou em um vaso. 
    Principais utlizações:  Beringela e pimentão, Sopa de tomate, pizza ( no lugar do orégano), Arroz, saladas verdes ou de legumes, vagem, Omeletes com tomate, Recheio para frango, peru, vitela, carne de porco, pão de carne, Com manteiga para cobrir peixes e lagosta, Molho de tomate e vinagrete 

    MELISSA: da família da erva-cidreira. Água de melissa sempre se usou para acalmar os nervos. Mas é também um tempero aromatizante. Um pouquinho em caldos e carnes dá certo. 

    MANJEROMA: Pouco mais suave que a alfavaca, excelente em pratos de carne, peixes, camarões, molhos. Essencial na vinha- d'alhos. Dá um gostinho especial ao molho para saladas, verduras refogadas, omeletes, caldos de carne, ensopados, cogumelos. As folhas secas também são usadas para os mesmos fins. Parece um pouco com orégano. 
    Principais utlizações:  Maionese e patês, Sopa de batata, consomê de cebola e pizza, Suflê de batata, legumes cozidos, cenoura, Omeletes, ovos mexidos, salada de ovos, Carne moída, frango grelhado e lombo, Com manteiga derretida em peixes grelhados, Molho de queijo, Pão de Ervas 

    MOSTARDA: Da semente se faz um pó que pode ser usado assim mesmo, ou então em pasta com vinagre e temperos. Ideal na maionese e molho para salada (principalmente de batatas). Tempera muito bem carnes. A semente pode ser usada para dar gosto em conservas, picles. 
    Principais utlizações:  Pepino, conservas, salgados em geral, Sopa de cebola, Aspargos, broto de bruxelas, batatas e brócoli, Porco e vitela, Ostra e camarão, Use em pó para molhos cremosos 

    NOZ-MOSCADA: Tem um cheiro muito gostoso, em semente ou pó. O melhor é Ter a semente guardada em vidro e ralar na hora: conserva mais o aroma e o sabor. Mais usada em bolos, doces, sobremesas, não só na massa, como um pouquinho polvilhada em cima, no caso de cremes feitos em banho-maria. Formidável para temperos de carnes, ou qualquer receita de carne moída. 
    Principais utlizações:  Coquetéis de leite, bebidas com chocolate, Sopa com queijo, canja, creme de galinha, Bolo de batata, cenoura e repolho, Queijo, na torrada e fondue, Na maioria das receitas com frango, Peixes fritos, Molhos de queijo, para salada doce, de tomate, Bicoitos ingleses, panquecas, gemadas, leite, vinho, pudins 

    ORÉGANO: Este, todos conhecem: é o best-seller dos temperos. Não há pizza que se preze sem ele. Vai muito bem também em carnes, molhos para bifes, saladas (tomates, cebola em rodelas, óleo, vinagre, sal, pimenta-do-reino e, lógico, o próprio orégano). Pode ser usado seco ou fresco. 
    Principais utlizações:  Suco de tomate, patês, torradas temperadas, Pizzas e minestrone, Batata cozida ou ao forno, Ovos mexidos com tomate, omeletes, Cozidos de carne de porco, costelas e aves, Peixes assados e frutos do mar, Vinagrete e molhos em geral 

    PÁPRICA: Pó extraído do pimentão doce vermelho, muito usado na cozinha húngra. Dá cor e sabor. Experimente com calma antes de aderir. Em galinha, bolo de carne, "goulash", guisados ou ensopados, alguns molhos. 
    Principais utlizações:  Canapés, salpicar no coquetel de camarão e em patês, Minestrone, sopa de legumes cremosa, sopa de galinha e lasanha, Na coloração do arroz, salpicar na batata sauté, Ovos gratinados, maioneses com ovos, Goulash, frango assado ou ensopado, carne de porco, Caldeirada, peixe grelhado, camarão e frutos do mar, Molhos em geral 

    PAPOULA: Sementes bem miudinhas. Sensacional, polvilhadas em cima de pães, bolos, bolachas, antes de ir ao forno, e na massa de pudins, pães e tortas. Ou junto com manteiga derretida, para assar batatas, cenouras, ou ainda macarrão de forno. Dá um recheio diferente para bolos, misturando um pouquinho com mel e uma colherada de caldo de limão. 
    Principais utlizações:  Aperitivos de queijo e patês; Na ricota e requeijão, massa, torta, macarrão; Na maioria das saladas; Ovos mexidos;  Molhos para saladas; Compotas de frutas, cobertura para salada de frutas, bolos 

    PIMENTA-CAIENA: Essa é vermelha e bastante ardida. Mas é ótima para peixes e molhos. 

    PIMENTA-CUMAÍ: Redondinha, verde, dizem que não faz mal a ninguém. 
      
    PIMENTA BRANCA: Extraída do mesmo fruto da pimenta-do-reino, mas menos aromática, utilizada em pratos que não permitam ingredientes que alterem a sua cor, como o molho branco; na conserva de legumes utilize-a em grãos. Em molhos picantes e temperos para a carne de coelho e frango use-a moída. 
    Principais utlizações:  Em grão, nas conservas de legumes e maioneses, Em pó nas sopas de legumes e feijão, Moída use em geral, Use moída em salada de ovos, Carne de coelho, filés de frango, Moída em peixes cozidos e ensopados, Em molho branco 
      
    PIMENTA COM COMINHO: Mistura muito popular nos pratos nordestinos, utilizada com grande fartura no feijão, cozidos de peixes e frutos do mar, caldas e molhos em geral. 
      
    PIMENTA CALABRESA: Proveniente da Europa, é uma espécie extremamente picante. Use-a na preparação de molho picante para carne e peixe, na lingüiça e cobertura para lombo. Na azeitona preta e queijo, use-a com orégano e azeite. 
    Principais utlizações: Azeitona, com óleo e orégano, queijos, patês e pickles, Molho para espaguete e pizza, croquetes, Cobertura para salada e feijão verde, Ovos, Em carne de porco e de vaca para churrasco, Frutos do mar, camarão, Molho para carne de churrasco, linguiça e molho para pizza 
      
    PIMENTA-DA-JAMAICA: Vai bem em temperos de carnes de todos os tipos. Logo, ótima na vinha-d'alhos. Veja allspice. 
    Principais utlizações:  Patês de presunto e fígado, pepino em conserva e pickles, Minestrone e sopa de aspargos, Espinafre e cenoura, Cozido de carne, porco e vitela, Peixe cozido,  Molho para carne de porco e vitela, Pães rápidos ou de fermento, bolo de fruta, compotas, torta 
      
    PIMENTA-DE-CHEIRO: Vem da Bahia. Redondinha, vermelha, é bem ardida mas bastante perfumada também. 
      
    PIMENTA-DO-REINO: Internacionalmente conhecida. Essencial em toda cozinha, pouca coisa dispensa. Há duas espécies: a preta, mais forte e a branca, um pouco mais suave. 
    Principais utlizações:  Suco de tomates, Em grão, nas conservas, Moderadamente em geral, Moída, na salada de hortaliças e de legumes, Com moagem grossa use com pasta de queijo, Recheio linguiça, carne de panela, frango assado, peixes em geral, Molhos em geral 
      
    PIMENTA-MALAGUETA: Vermelha, comprida, das mais ardidas. Foi trazida ao Brasil pelos portugueses. 
      
    RAIZ-FORTE: Vem do Oriente. Muito usada na cozinha russa, encontra-se ralada, em vidro. Picante, dá um gosto bom aos molhos, churrascos e assados. 
    Principais utlizações:  Moderadamente em canapés, Saladas cruas, como as de pepino e rabanete, Carnes vermelhas e brancas assadas com molho, Arenques, Molhos picantes 
      
    ROSMANINHO: De origem portuguesa. Não é fácil de encontrar. Valoriza muito os molhos, especialmente para saladas e carnes. Vai bem na vinha-d'alhos. 
      
    SALSA: Cheiro verde, de todos, o mais conhecido e usado. Há dois tipos: a salsa de folhinhas crespas (ou salsa-musgo) que enfeita qualquer prato, além de temperar, também é colocado em sopas, assados, risotos (batidinha na manteiga para passar em batatas cozidas, ou em omeletes, é essencial). A salsa de folhinhas lisas trem sabor um pouco mais forte. Qualquer das duas pode ser usada em tempero de carnes de toda espécie, em sopas, refogados, pratos de forno, farofas, pastas de queijo, verduras, molhos. Tanto no preparo, como picadinha e salpicada por cima depois. Podem ser guardadas e usadas secas. 
      
    SALSA DESIDRATADA: Uma erva tradicional da cozinha internacional. Não há necessidade de reidratá-la antes de utilizar, mas nunca acrescente-a em óleo quente pois a enrijecerá. Use-a para condimentos ou simplesmente decorar. 
    Principais utlizações:  Ornamenta e dá sabor aos canapés, Macarrão, lasanha, croquetes, waffle, sopa de legumes, Saladas verde, arroz, legumes, Omeletes e ovos mexidos, Carnes e aves fritas ou grelhadas, Em recheio para peixe, carne de caranguejo, Molho de ervas, tomate e de salsa 
      
    SAL COM AIPO: Use o sal com aipo em sopas, carnes grelhadas em geral, canapés e aperitivos. 
      
    SAL COM CEBOLA: Use o sal com cebola em sopas de vegetais e em pratos com ovos e queijos. 
      
    SAL COM ALHO: Use o sal com alho em sopas, saladas, molhos e patês, frutos do mar, massas, carnes, canapés e torradas. 
      
    SAL DE AMONIACO: Bicarbonato de Amônia. Use-o com parcimônia em biscoitos, Serve para dar crocância. 
       
    SEGURELHA: Também ser usada de leve. Em sopas de ervilha, lentilha, feijão. Dá um gostinho bom em suco de tomate. Vai bem, mas pouquinho, no tempero de carne de porco, galinha e peru. Faz parte da vinha-d'alhos. 
    Principais utlizações:  Suco de tomate, Sopa de creme de peixe ou feijão, sopa de vegetais, Broto de bruxelas, vagens e legumes, Ovos cozidos e ovos recheados, Recheio para carnes, aves e hambuger, Recheio para peixes gordurosos, Molho madeira, tempero para salada 

    SALVIA: Folha de sabor forte, muito popular na Itália. Bem aproveitada aqui também em farofas para rechear galinha, peru, pato. Mas é bom usar devagar, senão seu sabor dominará tudo. 
    Principais utlizações:  Patês de fígado e de queijo, Sopa de tomate, lentilha e macarrão, Tomates, purê de batata, espinafre, saladas verdes, Queijos e omeletes, Carnes gordurosas, linguiça, carne de porco, pato, Ensopado de peixes, Use com alecrim e tomilho para molho de churrasco, Pão de ervas 
      
    TOMILHO: Aromatizante de sabor forte. Deve ser igualmente usado com muito cuidado, mas vale a pena experimentar em molhos, peixes, sopas, recheios para aves. Sensacional para peixe, lagostas e camarão. Melhor ainda em carnes, principalmente de porco: esfregue um pouquinho macerado junto com sal e pimenta-do-reino. 
    Principais utlizações:  Patês, Caldo de carne e galinha, Cogumelos, cebolas e batatas, Ovos fritos e mexidos, Carne de porco, vitela, coelho e cozidos, Peixes gordurosos, cozidos,  Recheios, Molho escuro,  
      
    ZIMBRO: Esse é um grãozinho quase desconhecido. Os pequenos frutos secos macerados e destilados dão a bebida chamada genebra. Valoriza bastante temperos de carnes. Como a vinha-d’alhos. 
    Principais utlizações:  Para aromatizar bebidas alcoólicas caseiras, No cozimento do feijão, indispensável no chucrute, Cozidos de carne e frango, Molho para carnes.